a Ana Paula descobre o mundo nas costas da mãe

a Ana Paula descobre o mundo nas costas da mãe

são 12:30 e o sol vai alto e quente, espalhando os 30º sobre os corpos na areia e no mar.

praia do lookal

mas enquanto uns, nós, aproveitamos para esquecer as saudades e recuperar do trabalho, outros aproveitam para fazer os trocados que lhes alimentam a vida. a Ana Paula aguenta nas costas da mãe um sol que queima, atenta ao mundo e às caras estranhas com que se cruza enquanto a mãe queima os pés na areia para vender ginguba torrada aos paladares de quem por aqui esquece as saudades e a sorte que tem na vida.

a ana paula às costas da mãe

e na despedida esboça um sorriso. um sorriso contagiante de quem gosta de andar a descobrir o mundo. sorrimos as duas.

questão

questão

sangano

sangano